A depreciação do valor de um veículo com base na Tabela Fipe

| 08/05/2018 | Reply

Existem vários critérios que avaliam a porcentagem de desvalorização que determinado veículo sofrerá de acordo com a Tabela Fipe. Dois dos principais, é claro, são a situação do carro no mercado e seu ano. Um modelo que está na moda, vendendo bem e sendo procurado por muitos consumidores, embora sendo caro, tende a sofrer menos desvalorização.

Em tratando-se de seminovos, um fator determinante para a desvalorização do veículo na Tabela Fipe é a quilometragem. Quanto mais rodado o veículo estiver, mais desvalorizado será. Esta é uma das questões de depreciação de carros mais comum dos consumidores, pois também viola outro fator importante: a conservação do veículo. Quanto mais mecanicamente afetado for o carro, menor será seu valor – algo que a Tabela Fipe não considera em seus cálculos. O estado do carro, inclusive, é um foco de controvérsia em negociações diretas com os lojistas.

Ainda há vários outros fatores com menos destaque a considerar – um exemplo é se o carro sofreu mudanças em sua carroceria ou mecânica. No entanto, a situação do mercado do veículo, seu estado de conservação e a quilometragem podem ser considerados os fatores mais influentes na porcentagem de desvalorização de um carro.

Depreciação de carros na Tabela Fipe por categoria

Acima listamos uma espécie de tabela de depreciação de carros, com os principais fatores contribuindo para a desvalorização de um veículo. No entanto, um ponto é digno de nota: certas categorias, dependendo da situação do mercado, desvalorizam menos que outras. SUVs, carros grandes famosos, foram uma das categorias menos desvalorizadas recentemente.

Outras duas categorias de carros que não são muito afetados com a desvalorização na Tabela Fiipe são os hatches de entrada e os hatches compactos – consideradas os segmentos de carros mais populares. Porém, com veículos mais caros, a depreciação tem maior probabilidade de ser maior.

Tabela Fipe x Valor de Mercado

A Tabela Fipe não considera vários problemas quando se trata de depreciação de carros: Estado de conservação, mecânica, itens opcionais e quilometragem são apenas alguns itens que podem influenciar no valor final.

Em casos como este, o dono do veículo pode sair perdendo se decidir fazer a venda pelo preço listado na tabela fipe. Do contrário, também não faz sentido cobrar o valor da Fipe por um veículo com problemas mecânicos, carroceria amassada e com dívidas pendentes. Com base nisso, para chegar a um valor correto de um veículo, é justo avaliar ele por completo, levando em consideração itens que podem valorizá-lo ou mesmo depreciá-lo.

Tags: , , , , , , ,

Category: Tabela Fipe

About the Author ()

Leave a Reply